PSB/Pernambuco rejeita retorno de dissidentes

Quem tem vergonha não faz vergonha. Esse é um ditado antigo e muito bem aplicado para muitos casos atualmente.

Recentemente alguns aproveitadores de ocasião, que nem podemos chamá-los de políticos, migraram para o palanque do candidato ao governo de Pernambuco Armando Monteiro, motivo: o candidato liderava com folga e dava a entender que já estava eleito. Na segunda semana  do mês de agosto o IBOPE publica pesquisa eleitoral dando um crescimento estrondoso do candidato do PSB Paulo Câmara e com a possibilidade de já nos próximos dias aparecer na frente do candidato do PTB Armando Monteiro.

Alguns desses aproveitadores que infelizmente ainda vegetam pelo cenário político do Estado quando viram o vento soprar para o outro lado, pediram descaradamente, cinicamente para voltar. Alguns foram aceitos de volta, outros não. Os que foram aceitos de volta certamente irão ficar no limbo do esquecimento caso Paulo Câmara seja eleito, e não sem motivo. As suas cidades serão prejudicadas, esquecidas e no final quem perde é a população dessas cidades pela escolha de líderes políticos fracos, sem postura, sem personalidade e sem vergonha. Aliás vergonha e fidelidade política são artigos em falta em nossa tão permissiva política.

 

Com 41% a 35%, Marina desbanca Dilma em Pernambuco, mostra nova pesquisa da Nassau

Marina e Beto Albuquerque formalizaram aliança em ato neste sábado. Foto: Guga Matos/JC Imagem

A pouco mais de um mês das eleições, o cenário eleitoral em Pernambuco mudou radicalmente.

Agora, quem lidera a corrida presidencial no Estado, com 41% das intenções de voto, é Marina Silva (PSB), herdeira do ex-governador Eduardo Campos (PSB) após a morte do socialista em desastre aéreo, no mês passado.

É o que aponta o segundo levantamento realizado pelo Instituto Maurício de Nassau (IPMN), encomendado pelo Portal Leia Já e publicado em parceria com o Jornal do Commercio nesta segunda-feira (1º).

A presidente candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), caiu e está com 35% das intenções de voto.

Dilma, entretanto, continua muito à frente de um dos seus principais adversários nacionalmente, Aécio Neves (PSDB), que aparece com apenas 3% aqui.

O candidato de bandeira religiosa Pastor Everaldo (PSC) é o quarto colocado, com 1%. Os votos brancos e nulos somam 8% e 12% dos entrevistados não responderam em quem votariam.

 

Aprovação do governo Dilma cai, mas situação é de equilíbrio em Pernambuco

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, diminuiu em Pernambuco desde a última pesquisa realizada pelo Instituto Maurício de Nassau (IPMN), no início de agosto, passando de 51% para 46%.

Em consequência, a quantidade de pessoas que desaprova a gestão da petista cresceu de 40% para 47%. O número reflete também nas intenções de voto: ela caiu de 40% para 35%, ficando em segundo lugar, atrás da socialista Marina Silva (41%), candidata oficializada há duas semanas, após a morte de Eduardo Campos (PSB), em um acidente aéreo.

O governo Dilma foi considerado regular por 31% dos entrevistados. De um lado, 24% afirmam que a gestão foi boa e 11% que foi ótima. De outro, 17% acharam ruim e outros 15% a classificaram como péssima.

Enquanto 56% dos entrevistados com baixo grau de instrução – aqueles que não concluíram o ensino fundamental – aprovam o governo, 57% daqueles que têm graduação não aprovam.

O Sertão é a região onde Dilma tem maior aprovação, de 59% dos entrevistados – e é também onde ela tem a maior intenção de votos, de 52%.

É no Recife, onde Marina vence com maior disparidade (53% contra 24% da petista), que a presidente tem a maior desaprovação, calculada em 58%.

Entre o eleitorado jovem, de 16 a 24 anos, mais da metade (57%) desaprova a gestão da petista à frente do Palácio do Planalto.

Diante desses índices, não surpreende que a diferença entre os que querem votar na presidente e os que preferem um candidato de oposição seja pequena. Se 34% declararam que irão às urnas para manter a petista no poder, 39% afirmaram achar os adversários melhores.

O percentual de entrevistados que estão indiferentes é de 18%.

A grande maioria, entretanto, afirma que, se deixar o Palácio do Planalto, Dilma não deixará saudades – 47%, número igual ao dos que não aprovam o seu governo. Trinta e dois porcento dizem que ela deixará saudades e 17% são indiferentes.

Coerente com os índices referentes a outros assuntos, a presidente não deixará saudades para 59% dos entrevistados no Recife, mas deixará para metade dos que são da região do São Francisco.

LULA - Mesmo tendo transferido a faixa de presidente para a afilhada política há quase quatro anos, Lula (PT) ainda é lembrado pelos pernambucanos como responsável pelas mudanças para melhor no Brasil, consideradas por 55% dos entrevistados.

O destaque da aprovação fica com os eleitores do Sertão do São Francisco, onde a taxa aumenta para 74%, provavelmente por causa de obras como a controversa transposição do Velho Chico.

O líder petista foi classificado dessa forma por 66,2%. Dilma está atrás dele, com 24,4%, seguida por Eduardo Campos (PSB), apontado por 1,8% das pessoas, quando o assunto era melhorar o Brasil. No plano local, Eduardo Campos foi citado como o principal cabo eleitoral, de acordo com os primeiros números divulgados neste sábado.

Visitante ilustre

Presidente do PT/Recife Oscar Barreto em encontro na Gamela de Ouro

Vitória de Santo Antão recebeu no dia 30 de agosto de 2014 o presidente do PT/Recife Oscar Paes Barreto. Candidato a deputado estadual pelo PT, Oscar Barreto, que recentemente disputou eleição dentro do Partido dos Trabalhadores para ter o nome ratificado como candidato a governador de Pernambuco em contraposição ao apoio ao candidato do PTB Armando Monteiro, faz palestra e encontros em várias cidades do interior do Estado, onde mostra plataforma que sustenta sua candidatura.

Cristiano Pilakop (Blog do Pilako) com Oscar Barreto

Oscar Barreto é militante do PT, participou da fundação do PT em Pernambuco em 1980. Fundou o PT no Recife em 1982, na oportunidade como vice-presidente assumindo a presidência em 1994. Assumiu também funções importantes como membro do PT Estadual e Nacional. Barreto tem no seu vasto currículo político a participação na coordenação das campanha de João da Costa e João Paulo para prefeito do Recife.

A visita do ex-deputado e presidente do PT/Recife Oscar Barreto foi acompanhada pela imprensa local representada pelo Blog do Pilako (Cristiano Pilako) e pelo Jornal A Verdade (Biracka Bayma). O convite surgiu pela sua larga experiência e atuação com movimentos sociais. Barreto tem uma forte atuação na luta pela Reforma Agrária, movimentos populares, sindicatos, minorias como negros, índios, pessoas com deficiência, mulheres, LGBTT e jovens. O apoio e orientação de Oscar Barreto será muito importante nesse momento que surge um dos mais amplos movimentos sociais da cidade, o “VITÓRIA MELHOR”. O movimento tem como objetivo maior juntar todas as correntes políticas e sociais da cidade em torno de propostas e ações para se ter uma cidade melhor. Outros encontros e discussões acontecerão após as eleições para que o movimento seja solidificado.

Almoço na Gamela de Ouro com Oscar Barreto